214 109 892 geral@aama.pt

Sobre a AAMA

Constituída oficialmente a 4 de Dezembro de 1990, a AAMA - Associação dos Amigos da Mulher Angolana, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social de inspiração cristã, reconhecida como Pessoa Coletiva de Utilidade Pública pelo Ministério da Segurança Social, da Família e da Criança, como Associação Internacional pelo Ministério da Administração Interna, e como Associação Representativa dos Imigrantes e seus Descendentes pelo Alto Comissariado para as Migrações, Instituto Público (ACM, I.P.).

A instituição deve a sua existência ao espírito de entrega e sacrifício, bem como à incessante luta em prol do próximo que a sua Presidente Fundadora – Exma. Senhora D. Aurora Verdades, Mui Digna Sócia Benemérita e Sócia Honorária desta Instituição –, sempre demonstrou, cujo carácter altruísta serve de exemplo aos colaboradores da AAMA que se empenham na continuidade da sua Obra que irradia uma profunda dedicação pelo seu semelhante.

 
 

Regendo-se por Estatutos próprios e pela lei aplicável, a AAMA tem por finalidade, entre outras, intervir em todas as áreas de carácter social e humanitário, procurando amparar a população mais desfavorecida e as famílias, quaisquer que sejam as suas origens e a natureza das suas carências, assim como promover a reintegração comunitária, em especial dos imigrantes, por meio da realização de um trabalho promotor de uma maior equidade social.

Presentemente, a AAMA desenvolve a sua intervenção sócio/humanitária na zona do Alto dos Barronhos, Carnaxide/Oeiras, no âmbito da parceria estabelecida com a Câmara Municipal de Oeiras, apoiando a comunidade local e de bairros adjacentes com as suas respostas sociais. Paralelamente, a AAMA também desenvolve actividades complementares nas instalações do Centro Comunitário do Alto da Loba da Câmara Municipal de Oeiras, situado na zona de Paço de Arcos, dando, dessa forma, continuidade à intervenção de apoio que beneficiava utentes cadenciados do Bairro Comendador Joaquim Matias, em Paço de Arcos, comunidade que a AAMA apoiou de 2008 a Fevereiro de 2017.

Close Menu